Petróleo em novos mínimos de 2009 com produção recorde na Rússia e Iraque

07 de Janeiro de 2015
Novas notícias de produção excessiva voltam a empurrar preço do barril de brent para níveis de há mais de cinco anos e meio. Wall Street abre com ganhos primeira sessão de 2015.
 
Portugal Telecom €0,84 (-2,43%)
A telefónica volta a novos mínimos após uma semana difícil para os títulos da SGPS, na sequência da retirada da oferta de Isabel dos Santos. Depois de conhecido o interesse de 17 entidades na compra do Novo Banco, anunciado pelo Banco de Portugal, os títulos do sector financeiro (contribuintes para o Fundo de Resolução que suporta o banco) estão entre os que mais apreciam em Lisboa, sustentando os ganhos de 0,86% do PSI 20.
 
Royal Bank of Scotland £3,88 (-1,47%)
Os títulos do banco britânico cedem depois de relatos de que poderá ter de pagar mais 2,9 mil milhões de dólares do que o inicialmente previsto para evitar um processo judicial por alegadas irregularidades no negócio hipotecário nos EUA. O abrandamento da produção manufactureira da zona euro continua a condicionar o apetite dos investidores pelas acções do Velho Continente, estando o sector energético entre os mais penalizados, influenciado por novo tombo no petróleo.

S&P 500 2.063,31 pontos (0,21%)
Ao fim de duas sessões negativas, o mais transversal índice nova-iorquino arranca 2015 com o pé direito, segundo os analistas com alguns investidores a aproveitarem as mais-valias de fim de ano para construir novas posições na última sessão da semana e a primeira de 2015. A condicionar a negociação poderão ainda estar os dados da produção manufactureira na maior economia do mundo, que serão conhecidos esta tarde.
 
Taxa das obrigações portuguesas a 10 anos 2,472% (-0,214 pontos)
A perspectiva de que o BCE venha a alargar o leque de soluções para reanimar a economia europeia - incluindo a compra de dívida soberana - continua a dar uma sessão de sucessivos mínimos históricos às ‘yields' das obrigações de alguns países da periferia. Portugal é o país onde o risco mais alivia na maturidade a dez anos.
 
Libra $1,5416 (-1,08%)
O recuo da produção manufactureira no Reino Unido penaliza a divisa de Sua Majestade, que cai para mínimos de um ano face ao dólar. O rublo acusa a posição da Rússia como maior exportador de energia e fortemente dependente do petróleo e cede a acompanhar a desvalorização do preço do ouro negro em Londres.
 
Brent 56,03$ (-2,29%)
O preço do barril referência para as importações nacionais volta às quedas depois de ser conhecido que a Rússia e o Iraque (segundo maior produtor da OPEP) registaram em Dezembro o maior nível de produção de petróleo em décadas, acentuando a percepção de que há excesso de oferta no mercado. O barril atingiu hoje o valor mais baixo desde Maio de 2009.
 
Fonte: Economico 
 

Produção de aço bruto cresce 2,4% em novembro na comparação anual

17 de Dezembro de 2014
A produção de aço bruto no Brasil cresceu 2,4% em novembro, em comparação com o mesmo mês do ano passado, para 2,8 milhões de toneladas, informou hoje o Instituto Aço Brasil (IABr). Frente a outubro, porém, a queda foi de 9,7%.
 
De acordo com a entidade, foram produzidas 2 milhões de toneladas de aço laminado, baixa de 8,5% em bases anuais e recuo de 4,8% perante o mês anterior.
 
Com o desempenho de novembro, as siderúrgicas brasileiras chegaram a volume de 31,4 milhões de toneladas produzidas nos 11 primeiros meses de 2014 — a diminuição é de 0,4% em relação aos mesmos meses do ano passado.
 
O comunicado da IABr mostra também que as vendas internas caíram 12,2% no mês passado, em comparação anual, para 1,6 milhão de toneladas. Frente a outubro, a queda foi de 11,1%. No acumulado do ano, as empresas comercializaram 19,3 milhões de toneladas no mercado doméstico, baixa de 9%.
 
Ao mesmo tempo, a competição com o produto importado foi suavizada em novembro. De acordo com o instituto, as compras no exterior somaram 289 mil toneladas, ou US$ 303 milhões — redução de 5,3% em bases anuais e de 13,5% ante outubro. Mesmo assim, depois de um início de ano difícil nesse sentido, as importações subiram 8,1% nos 11 me ses de 2014, para 3,8 milhões de toneladas.
 
Por outro lado, as companhias brasileiras exportaram 953 mil toneladas, ou US$ 628 milhões, em novembro. O salto do volume em comparação com o mesmo mês de 2013 foi de 53,2%, mas perante outubro a queda foi de 4,7%. De janeiro a novembro, as siderúrgicas venderam 8,8 milhões de toneladas ao mercado externo, aumento de 16,9%.
 
Ainda segundo o IABr, o consumo aparente de aço no Brasil foi de 1,9 milhão de toneladas no mês passado, baixa de 11,2% tanto em relação a novembro de 2013 com a outubro deste ano. No acumulado de 2014, o consumo aparente encontra-se em 23 milhões de toneladas, caindo 6,6%.
 
 
Fonte: Valor Econômico 

Produção brasileira de minério de ferro deve chegar a 656 MT em 2020

03 de Dezembro de 2014
A produção de minério de ferro deve crescer para 656,1 milhões de toneladas, no período entre 2014 e 2020. O número, obtido com base na expansão das minas e projetos greenfield até 2016 faz parte do relatório 'Iron Ore Mining in Brazil to 2020' da empresa britânica de pesquisas Timetric, divulgado no início de novembro.
 
Segundo o relatório, o Brasil tem volume significativa de reservas de minério de ferro bruto, 31 bilhões de toneladas, segundo dados de fevereiro deste ano. As principais reservas de alto teor estão nos Estados do Pará e de Minas Gerais, com a maior parte das minas em operação no país localizadas em Minas.
 
De acordo com o documento, o consumo nacional do minério de ferro foi de 65,2 Mt, em 2013, e as exportações foram de 329,6 Mt. Logo, segundo o estudo, em sete anos a produção pode ter um aumento de 66%.
 
O minério de ferro extraído no Brasil é principalmente exportado para países como a China, Japão, Holanda, Coreia do Sul, Alemanha, França e Omã.
 
A indústria de mineração brasileira tem desempenhado um papel de destaque no desenvolvimento econômico do país por meio da geração de emprego e atraindo investimento direto estrangeiro (IDE), com a indústria respondendo por 4% do PIB e empregando 160 mil trabalhadores diretamente.
 
Os projetos Minas-Rio e Carajás Serra Sul, localizados nos estados de Minas Gerais e Pará, respectivamente, devem iniciar a operação até o final de 2014 e no segundo semestre de 2016, com capacidade de produção de minério de ferro de 26,5 Mtpa e 90 Mtpa, respectivamente.
 
Em 2013, o Brasil exportou 170,1 Mt de minério de ferro para a China, um aumento de 4% em relação ao ano anterior. Importações chinesas de minério de ferro do Brasil aumentaram substancialmente ao longo da década, desde os 38 Mt em 2003 até os 170 Mt no ano passado, atingindo um crescimento anual de 14,6%
 
O relatório abrange dados históricos e a previsão para a produção de minério de ferro, reservas, consumo e vendas até 2020. A seção de vendas fornece informações sobre volumes de exportação.
 
Fonte: http://goo.gl/LupKz1
 
 
 
 
 


anterior12345...2425próxima »